E-mail: Telefone: (14) 3239-1466
Cartão fidelidade

Saiba quais são os cuidados essenciais com a saúde no verão!

voltar

O verão é um período ideal para aproveitar as tardes quentes para fazer atividades ao ar livre, refrescar-se com um suco natural, e tirar o dia para ir à praia, clube ou cachoeira com os amigos e familiares. Também é  a estação de muita energia, sol escaldante e muito cuidado com a saúde.

Mas é preciso ficar atento para que você desfrute a estação quente de maneira saudável e segura. Por isso, confira nossas dicas a seguir!

Beba muita água

Nos dias quentes as pessoas suam mais, perdendo mais água e sais minerais, é imprescindível beber pelo menos 2 litros de água por dia, para manter seu corpo hidratado! O ideal, caso você não seja de tomar muita água, é consumir alimentos naturais que tenham boa quantidade dessas substâncias: melancia, melão, abacaxi, chuchu, batata, abóbora etc.

 

Coma alimentos leves

Geralmente, o calor diminui a fome, porém, quando você for comer, prefira alimentos mais leves, de fácil digestão. Evitando comidas gordurosas, pois o organismo fica com a digestão mais lenta em altas temperaturas. Fique atento à conservação dos alimentos, época quente significa proliferação de bactérias que provocam intoxicação alimentar. Guarde comida somente de um dia para outro, depois disso, jogue fora.

 

Evite comida de rua

Na rua, prefira comida industrializada, que passou por fiscalização! Pois você não sabe se o armazenamento foi feito de maneira correta. Se puder, leve seu próprio lanche, legumes ou frutas cortadas para a hora que a fome apertar, conservando em um isopor ou bolsa térmica com gelo!

 

Tome bebida alcoólica com moderação

Essa advertência serve tanto para quem vai dirigir como para todos em geral, já que o álcool provoca desidratação no organismo. Quem gosta de tomar uma “gelada” não pode se esquecer de ingerir bastante água, pois o álcool retira a água das células, provocando transpiração e vontade de urinar com maior frequência.

 

Atente para sua pele e cabelo

Pegar aquele bronzeado e ficar com aquela marca de biquíni e sunga é um dos momentos esperados pelas mulheres e homens. O sol faz bem à saúde, produz melanina, serotonina, vitamina D e melhora o sono. Mas lembre-se, você deve evitar pegar sol das 10 às 16 horas.

Quando for tomar sol, é importante o uso de protetor solar com fator acima de 30, para proteger sua pele das radiações solares. O indicado é passar o protetor a cada duas ou três horas por dia para não perder sua eficácia. Dê os mesmos cuidados aos seus cabelos, fazendo muita hidratação devido ao ressecamento do sol.

 

Una proteção e moda

Abuse dos estilos de chapéus e bonés que evitam que você tome os raios ultravioletas diretamente no rosto e ombros. Adquira óculos de sol de óticas confiáveis, porque os de camelôs facilitam a ação dos raios solares, fazendo as pupilas dilatarem, o que facilita a entrada de radiação. Nesse caso, o barato pode sair caro.

 

Evite os fungos

O verão é uma época propícia para a proliferação de fungos, já que transpiramos mais nos pés e ficamos com roupas molhadas por mais tempo em nosso corpo, criando ambientes para esse tipo de contaminação. As micoses e as candidíase são frequentes. Dessa maneira, mantenha seus pés bem secos e evite ficar muito tempo com roupas molhadas.

 

VEJA ABAIXO ALGUMAS DOENÇAS COMUNS NO VERÃO:

Micoses de pele: infecções causadas por fungos, sendo os pés, a virilha e as unhas são os lugares mais comuns em que elas aparecem, mas isso não significa que outras partes do corpo estejam imunes!

Condições favoráveis: calor, umidade e baixa de imunidade.

Prevenção: mantenha hábitos de higiene, como secar-se bem após o banho, principalmente áreas de dobras da pele, como virilha, entre os dedos dos pés e axilas. Evitando andar descalço em pisos constantemente úmidos (lava-pés, vestiários, saunas), também o uso de calçados fechados o máximo possível, optando pelos mais largos e ventilados. Importante também é usar somente o seu material para manicure!

 

Brotoejas: pequenas bolinhas que surgem, especialmente em bebês, podendo ser bolhas transparentes com pouca coceira ou “bolinhas” avermelhadas que coçam bastante.

Condições favoráveis: contato frequente da pele com o suor, principalmente nas “dobrinhas” da própria pele ou das roupas.

Prevenção: Usar roupas leves e soltas e evitar locais muito abafados que propiciam a sudorese excessiva são algumas dicas para evitar brotoejas, sobretudo em pessoas predispostas.

 

Acne solar: provocada pela mistura da oleosidade aumentada da pele, sudorese, uso do filtro solar e da própria radiação solar.

Condições favoráveis: sudorese e não lavar o rosto adequadamente.

Prevenção: Lave o rosto com um sabonete adequado para o tipo de pele, uso de tônicos mais adstringentes e filtros solares com base aquosa ou em gel, pode diminuir a oleosidade.

 

Insolação: é a reação que o corpo pela exposição excessiva e desprotegida ao sol, causando o aumento da temperatura corporal, que pode chegar a 40°C, febre, náuseas, diarreia e vômitos.

Condições favoráveis: tomar sol desprotegido e prolongado em horários em que os raios ultravioletas estão mais fortes (das 10 às 16 horas), pode levar à isolação.

Precauções: Proteja-se adequadamente do sol, com chapéus ou bonés e roupas que cubram boa parte do corpo, e evitar ficar sob ele nos horários críticos. E, manter-se bem hidratado!

 

Queimaduras: as queimaduras podem ser de primeiro grau, caracterizadas pela vermelhidão da pele, e de segundo grau, quando surgem bolhas. Há também as fitofotodermatoses, que são manchas escuras causadas pela combinação de caldo de limão (ou outra fruta cítrica) ou perfume sobre a pele e exposição ao sol.

Condições favoráveis: falta do uso do protetor solar e por permanecer sob o sol das 10 às 16 horas, horários de maior incidência dos raios UVA e UVB.

Precauções: uso protetor solar, higienização correta da pele, aplicação de creme ou loção, devem ser aplicados sobre a pele diariamente e reaplicado a cada duas horas. Além disso, quando precisar lidar com limão, deve lavar muito bem as mãos e rosto após o contato. E nunca passe perfume para ir à praia ou à piscina.

 

Intoxicação alimentar: náuseas, cólicas estomacais, vômito e diarreia, devido a algo que você ingeriu e não caiu bem.

Condições favoráveis: bactérias, vírus e parasitas que se proliferam pelo clima quente. Eles se instalam com mais facilidade em carnes cruas ou brancas (peixe e frango) e ovos.

Precauções: tenha bastante cuidado ao comer no verão, principalmente fora de casa! Análise o tempo de exposição da comida e quantas pessoas já passaram por ela, evite ir em locais depois de muitas horas que ele estiver aberto. Em casa, tenha o cuidado de sempre manter os alimentos bem acondicionados e refrigerados!

 

Otite: infecção que provoca dor de ouvido e, em casos mais severos, febre e vômito.

Condições favoráveis: após mergulhos no mar ou na piscina, o conjunto auditivo molhado facilita a entrada de bactérias e vírus causadores da otite.

Precauções: use protetores auriculares ao entrar na água, mas como nem sempre isso é possível, deve-se secar a região bem com a toalha ou cotonetes assim que sair do mar ou da piscina.

 

Viu como você tem de estar atento a tudo no cuidado com a saúde no verão?

Seja prevenido quanto à quantidade de água que bebe, exposição ao sol, alimentação saudável e moderação na bebida alcoólica. Um bom verão é aquele que a gente aproveita ao máximo cada segundo dele!

Fontes: Minha Vida, Boa Consulta, SBD / Adaptação: Agência Netshare

Rede Biodrogas © 2013 - Todos os direitos reservados.

Carregando...