E-mail: Telefone: (14) 3239-1466
Cartão fidelidade

Pesquisadores podem ter descoberto a cura para alergia a amendoim

voltar

 

 

29/01/2015 - Fonte: Portal O Globo

 

Pesquisadores australianos descobriram uma possível chave para curar pessoas com alergia a amendoim, um problema que pode levar até à morte em alguns casos. De acordo com o estudo, realizado pelo Instituto Murdoch de Pesquisas Infantis, a maioria dos indivíduos que participaram dos testes clínicos terminaram o experimento comendo amendoim sem apresentar qualquer reação.

A equipe de pesquisadores deu a cerca de 30 crianças alérgicas uma dose diária de proteína de amendoim junto com um probiótico em uma quantidade crescente ao longo de um período de 18 meses.

O probiótico utilizado no estudo foi o Lactobacillus rhamnosus e a dose foi equivalente a comer cerca de 20 kg de comer iogurte por dia. No final do ensaio, 80% das crianças puderam comer amendoins sem qualquer reação.

“Muitas das crianças e das famílias acreditam que mudou suas vidas, elas estão muito felizes, sentem-se aliviadas”, disse o pesquisador-chefe, Mimi Tang. “Estes resultados fornecem a primeira etapa vital para o desenvolvimento de uma cura para a alergia ao amendoim e, possivelmente, outras alergias alimentares.”

Quase três em cada 100 crianças australianas têm alergia a amendoim.

 

“Estamos focados em alergia a amendoim porque geralmente permanece ao longo da vida e é a causa mais comum de morte por anafilaxia alimentos”, disse Tang.

Mais pesquisas são agora necessárias para confirmar se os pacientes ainda podem tolerar amendoim no futuro. “Nós estaremos realizando um estudo de follow-up, em que pedimos para que as crianças comam amendoim eventualmente por oito semanas e, em seguida, testaremos se eles são tolerantes depois disso.”

Tang advertiu contra tentar o tratamento em casa. “Algumas famílias podem estar pensando em tentar em casa e eu recomendo fortemente contra isso. Em nosso estudo algumas crianças tiveram reações alérgicas, por vezes, reações graves. No momento, este tratamento só pode ser tomado sob a supervisão de médicos, como parte de um ensaio clínico.”

Rede Biodrogas © 2013 - Todos os direitos reservados.

Carregando...