E-mail: Telefone: (14) 3239-1466/ 3239-6600
Cartão fidelidade

Laboratórios desovam estoques

voltar

Laboratórios desovam estoques

Fonte: Brasil Econômico

 

A indústria farmacêutica brasileira parou em julho para ajustar estoques. Com isso, a produção do setor caiu 10,7% no mês em relação a junho — quando havia registrado expansão de 10%. Na comparação com julho de 2012, a queda foi de 8,4%. Os dados foram divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O presidente-executivo do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), Nelson Mussolini, afirma que é normal haver ajustes de estoques no setor e mantém o otimismo para o resto do ano. “Algumas distribuidoras costumam reduzir estoques. Elas fazem isso constantemente, mas a demanda vai muito bem e não tem mostrado uma variação que cause preocupação”, diz ele.

A indústria em geral registrou queda de 2% na produção entre junho e julho, resultado que praticamente anula a alta mensal de junho, de 2,1%, em número revisado após a divulgação de avanço de 1,9%. “As vendas é que têm impacto no setor no primeiro momento”, avalia Mussolini, acrescentando que as vendas da indústria farmacêutica para farmácias, distribuidoras, clinicas, hospitais e atacadistas, em unidades, cresceram quase 7% em 12 meses até julho último, segundo dados da consultoria IMS Health. Em valores, o aumento chega a 9,27%. “Para o fim do ano, atingiremos um crescimento em torno de 10%, em unidades”, afirma ele.

A perspectiva para 2013, embora positiva, mostra desaceleração em relação a resultados anuais anteriores. As vendas, em unidades, deverão ter o menor crescimento dos últimos quatro anos. Em 2010, 2011 e 2012 os avanços foram de 17,13%, 13,09% e 10,57%, respectivamente. “O nosso negócio é muito ligado com a renda e o emprego. Se o mercado de trabalho vai bem, o setor também tem bom desempenho”, diz Mussolini.

Reajuste de preços de remédios de até 6,315 Mas para o professor de economia do Ibmec/MG, Felipe Leroy, o desempenho negativo da indústria farmacêutica em julho pode sinalizar o início de uma mudança estrutural do setor no país, em resposta aos aumentos de preços dos medicamentos e de políticas públicas de saúde voltadas para vendas de genéricos e de medicamentos de uso continuado — como remédios para pressão alta e diabetes.

“Por que em julho houve ajustes de estoques e no mês anterior não, sendo que as fábricas têm que continuar operando?”, questiona o economista. “As famílias carentes hoje têm mais acesso a esses medicamentos, que são subsidiados pelo governo. E, se o governo subsidia, afeta a produção. Esta política tem efeito no médio e longo prazo”, afirma. 

Em abril, o governo autorizou reajuste de até 6,31% nos preços dos remédios. Na categoria com maior participação, onde os genéricos representam 20% ou mais do faturamento, o reajuste autorizado pôde chegar ao teto de 6,31%. Para remédios com faturamento de genéricos entre 15% e 20%, o reajuste autorizado foi de até 4,51%. Já entre medicamentos com menor participação de genéricos (faturamento menor que 15%), o reajuste foi de até 2,7%.

Como há um período de ajuste a partir da autorização para os aumentos, que dura de dois a três meses, as primeiras variações de preço foram registradas em junho e julho, quando começaram as reposições de estoques, já que o varejo geralmente antecipa as compras por causa do reajuste. “A verdade é que o consumidor é muito sensível a aumentos de preços e que a concorrência entre os laboratórios é muito baixa, o que reforça a importância das políticas públicas de saúde.”

Segundo pesquisa da PróGenéricos (associação do setor), o consumo de medicamentos genéricos para o controle da hipertensão arterial saltou 190% entre janeiro de 2010 e abril deste ano. Os remédios para o controle da doença começaram a ser distribuídos gratuitamente no início de 2010 pelo programa do governo federal

“Aqui FONTE: IMS Health / ELABORAÇÃO: Sindusfarma/Gerência de Economia tem Farmácia Popular”.

Rede Biodrogas © 2013 - Todos os direitos reservados.

Carregando...